Inventários e arrolamentos

Apoio jurídico em questões familiares

Quando um ente da família falece, deixando bens a serem partilhados, é necessária a abertura de inventário ou arrolamento desses bens, com a finalidade de prover a cada herdeiro o que lhe pertence por direito.

Atualmente, os inventários podem ser realizados de forma extrajudicial - através de Cartórios. Para isso, basta que todos os herdeiros sejam maiores de idade e estejam de acordo com a partilha dos bens deixados. Esse procedimento é muito mais rápido.

Quando os herdeiros não conseguem chegar a um consenso sobre a partilha, se existem bens controversos, ou ainda, se a herança envolve menores, a ação judicial é a única solução.


Entre em contato para saber como podemos te ajudar